Bem Vindo

Apresentação

Este site tem o objetivo de fornecer informações didáticas a respeito de tumores cerebrais e epilepsia, assim como suas opções de tratamento, com especial destaque para os procedimentos cirúrgicos, especialidade de seu idealizador. Desta forma, não visa receitar qualquer conduta médica, mas sim proporcionar conhecimento para que os visitantes tenham mais autonomia na escolha da terapia que lhes proporcione mais qualidade de vida.

Notícias

A epilepsia, condição neurológica grave de maior prevalência do mundo, é o resultado da hiperatividade dos neurônios e circuitos cerebrais, que são capazes de gerar descargas elétricas sincrônicas anormais. Acomete 1% da população mundial, ou seja, 60 milhões de pessoas. No Brasil, estima-se que atinja cerca de 1,2% a 2% dos indivíduos, o que representa atualmente entre 2 e 3 milhões de pessoas. A OMS a classifica como uma das doenças prioritárias, como um problema de saúde pública em todo mundo.

 

A qualidade de vida dos sujeitos afetados é uma das piores consequências. Em 50% dos casos, a causa é desconhecida. As crianças são as mais afetadas (75% dos casos têm início ainda na infância), na qual a prevalência é de aproximadamente 5:1000 e a maior frequência se encontra na faixa etária de 0 a 9 anos de idade.